O dinheiro voa

Maio 14th, 2009
Toda a gente já se habituou ao discurso da crise e é comum ouvir as pessoas queixarem-se de que o dinheiro parece que “voa”.
Pois bem, segundo a Reuters, um condutor alemão viu o seu dinheiro voar, mas de forma literal.
Este homem conduzia um carro descapotável e levava um envelope com 23.000 euros numa bolsa de um lugar de passageiro.
De repente viu o vento levar-lhe o dito envelope e espalhar pela autoestrada toda esta quantia, em notas de 100, 200 e 500 euros.
Imediatamente comunicou à polícia, que colaborou montando uma barreira para pedir as notas aos condutores que por lá passavam, na tentativa de recuperar o dinheiro desaparecido.
Como é da Alemanha que estamos a falar, ainda conseguiram recuperar 20.000 euros e estão esperançados que os restantes 3.000 ainda venham a ser entregues às autoridades.
Se fosse cá em Portugal, e se este homem fosse verdadeiramente e extraordinariamente sortudo, seria muito bom recuperar apenas os tais 3.000, porque os outros 20.000 dificilmente lhes voltava a pôr a vistinha em cima 🙂

Improv everywhere

Abril 1st, 2009
Como se sentiriam, ao chegar de uma viagem, se estivessem 20 completos desconhecidos a dar-vos as boas vindas, com balões e flores, numa enorme festa organizada de propósito para vocês?

Ou se entrassem numa estação de metro e reparassem que esta tinha sido transformada numa galeria de arte, em que todos os objectos são considerados formas artísticas e catalogados como tal, e este é o dia da inauguração?

São acontecimentos surpreendentes. Experiências sociais, que quebram as rotinas e que têm o dom de pôr as pessoas a questionarem-se perante estas situações e que são levadas a cabo por um grupo denominado Improv Everywhere.
Vale a pena visitar o site e ver as várias performances públicas criadas por eles.
Também se podem encontrar performances bastante interessantes noutro site, o Urban Prankster, com registo de acontecimentos com mais de uma década.

Em época de crise… saldos loucos

Março 5th, 2009
A altura é de crise.
Toda a gente sabe disso.
Desesperados para atrair novos clientes, ou mesmo manter os antigos, os lojistas tendem a recorrer aos mais diversos esquemas que ajudem à venda e começam a utilizar manobras de marketing inauditas até esta altura.
Foi o que ocorreu nesta loja que, segundo o Pedro Ribeiro, fica situada na bela cidade algarvia de Faro.
A iniciativa é no mínimo arrojada, mas desconfio que não faltarão clientes que adiram a esta promoção.

Se a crise se agudizar ainda começamos a ver as floristas a venderem uma rosa, uma noite em hotel e relação íntima por apenas 2€ ou então uma loja de frutas a vender um quilo de morangos por 3€, oferecendo no entanto uma garrafa de champanhe, um banho de espuma, velas perfumadas e um curso prático de sexo tântrico.
Há também a hipótese de se tratar de um simples equívoco ortográfico, mas temos um país com tanto sucesso escolar que não acredito que alguém cometesse um erro destes.

GNR “cool”

Fevereiro 17th, 2009
Hoje de manhã estava à espera de um grupo de clientes espanhóis que estava ligeiramente atrasado.
Fazia-o na recepção do empreendimento onde trabalho, onde se chega através de uma estrada pública.
Para meu espanto avisto o autocarro que transportava o grupo a ser acompanhado por uma viatura da GNR-BT.
Até aqui tudo bem. Podiam ter tido algum problema no caminho ou simplesmente terem andado perdidos e gentilmente a GNR estava a conduzi-los ao local.
O insólito aconteceu quando, ao avistar o edifício da recepção (que se encontra, relembro, numa via pública), a viatura da Brigada de Trânsito acelera até à porta da recepção, afastando-se do autocarro e, chegada ao seu destino, saca um monumental pião ficando atravessada na rua.
Depois foi só sair do carro e, entre sorrisos, dirigir-se ao motorista do autocarro mostrando quão cool os guardiões da boa conduta nas estradas são.
Só faltava mesmo virem também com música de discoteca em volume elevado para mostrar até que ponto a nossa GNR está up to date com as novas tendências do tunning.
É bom poder contar com estes exemplos, não é?

Descoordenação na fuga

Janeiro 31st, 2009
Dois prisioneiros algemados um ao outro intentaram uma fuga sem terem o plano da mesma bem estudado.
Resultado: um quis ir pela direita, outro pela esquerda e um poste distraído meteu-se entre os dois.
Parece o guião de um qualquer desenho animado, mas foi verdade.
A cena ocorreu na Nova Zelândia e ficou registado em vídeo.