XPTO

Junho 22nd, 2010

Fui há pouco tempo alertado para um facto que desconhecia: XPTO é uma abreviatura que é equivalente a Cristo.

XPTO é uma expressão linguística que eu conhecia somente com uma conotação elogiosa, tipo “ela tem um apartamento todo XPTO”, e era bom para essa pessoa que assim fosse, era cool.

Ora, parece-me a mim que a expressão “ter um apartamento todo Cristo” é tudo menos cool, e não será a imagem mais bonita que eu consigo imaginar.

Ter um apartamentozinho com cabelo comprido a pender do tecto e barbas a servir de carpete, com cortinas a arrastar pelo chão, qual túnica, não é, definitivamente, o meu ideal de apartamento.

E ter um “carro todo Cristo” com o pessoal sempre à volta dele, a segui-lo constantemente e a criar congestionamentos de trânsito para onde quer que ele fosse?

Não é recomendável.

Além disso XPTO faz-me lembrar um andróide, que poderia perfeitamente ser companheiro do 3CPO e do R2D2 do StarWars, o que, a confirmar-se esta equivalência, tornaria muito indigesta a comunhão.

Imaginem o padre a entregar o “corpo de XPTO” e a malta a regressar ao lugar com uma parte metálica na boca, a tentar desfazê-la com a saliva e ela a teimar em não derreter.

Não faz muito sentido, pois não?