Carteiras economizadoras

Dezembro 22nd, 2010

Enquanto escrevo, milhões de pessoas estarão a fazer compras de Natal de última hora, com forte possibilidade de se deixarem levar por compras de impulso e gastarem mais do que desejariam e poderiam, sem sequer se aperceberem.

Pensando nestas pessoas e noutras com iguais problemas em gerir as suas economias, os laboratórios do MIT desenvolveram umas carteiras que encolhem à medida que o seu dono vai gastando dinheiro ou usando os cartões de crédito, dificultando assim o acesso ao chamado “pilim”, para evitar consumo excessivo.

Existem três modelos diferentes, todos equipados com um computador interno que está ligado a um smartphone do utilizador via Bluetooth, permitindo acesso permanente à situação do saldo da sua conta bancária.

Quanto mais o dono gasta, mais esforço a carteira faz para dissuadi-lo de continuar a gastar, acrescentando a dificuldade de aceder fisicamente ao dinheiro e aos cartões.

O criador, John Kestner, chama-lhes “Proverbial Wallets“, qualquer coisa como “carteiras sábias” e era muito bom que fosse a próxima aquisição do Estado português para oferecer à sua administração pública.