Xiripiti

Março 28th, 2013

É uma bebida doce mas potente, que é servida fria mas que aquece bem lá dentro.

Trata-se de uma especialidade do restaurante A Cabana, e tem este rótulo fantástico, que vale a pena ler.

Nota da redação: o Ninho de Pássaro recomenda a ingestão responsável de bebidas alcoólicas.

Ou não 😉

receita xiripiti

 

 

Pai Natal bêbado

Dezembro 9th, 2010

Todos temos dias maus e dias de festa.

Qualquer uma das duas situações é pretexto para muita boa gente apanhar uma bebedeira à antiga portuguesa, numa atitude considerada normal por grande parte da população.

O que ninguém está à espera é que um dos símbolos mágicos do Natal se entregue também ao álcool da mesma forma que o comum dos mortais.

Muitos acreditarão no Pai Natal, outros não, mas uma certeza que todos teriam é que, a existir, o senhor beberia exclusivamente Coca-Cola.

Mas não.

Pelos vistos o Pai Natal também se deixa levar pela etilização abundante, com consequências desastrosas que o levam até ao degredo, como se pode comprovar no vídeo abaixo.

Espero que ao menos tenha tido a decência de não vomitar para dentro do saco das prendas, nem de acordar as renas para as conduzir num passeio nocturno.

O Sousa

Abril 12th, 2010

O gosto é duvidoso, é assumidamente parolo, brejeiro até dizer chega, mas há uns anos atrás ouvi esta rábula repetida vezes sem conta, em viagens de autocarro intermináveis com a Tuna, e achávamos um piadão.

Mas eu julgo que só achávamos tanta piada a isto porque padecíamos de secura de garganta, e o método que nos parecia mais correcto na altura era o encharcamento com álcool, sofrendo posteriormente dos efeitos secundários dessa prática medicinal.

Inexplicavelmente, e sem nenhum “cheirinho” no café hoje de manhã, apeteceu-me tornar a ouvir a estória do Sousa.

Oubinde bós taumbeim, canudo!

Macho dançarino

Fevereiro 6th, 2010

O verdadeiro macho latino – aquele que é mesmo, mesmo genuíno – além das botas texanas e do cabelo oleoso, deve ser dotado de alguma característica especial para capturar a atenção das fêmeas latinas presentes, onde quer que se encontre.

Uns optam pela roupa colorida e os fios de ouro, outros pela demonstração de força, outros falam em voz alta para toda a sala ouvir, outros preferem a palhaçada como forma de conseguir o destaque.

No vídeo que se segue está um exemplo perfeito, o paradigma do macho latino dançarino, que é uma espécie cada vez mais rara,  pelo menos nesta forma tão pura, mas que é capaz de ser das mais vistosas e cativantes neste tipo de fauna.

Se bebessem água, também não lhes fazia mal nenhum, mas nunca seria tão espectacular, convenhamos.

Se conduzir não se meta na bebida

Novembro 5th, 2009
Sempre me advertiram para o perigo de me meter nos copos quando conduzo.
O senhor do vídeo abaixo não se meteu nos copos, porque é concerteza um profissional sério do empilhadorismo.
Este senhor meteu-se… nas garrafas!
A cena passa-se em Moscovo, num armazém de vodka e conhaque e estima-se que o prejuízo ronde os $150.000.

http://www.reuters.com/resources/flash/include_video.swf?edition=US&videoId=114220

Este álcool todo deve dar uma dor de cabeça!
  • Page 1 of 2
  • 1
  • 2
  • >