Xiripiti

Março 28th, 2013

É uma bebida doce mas potente, que é servida fria mas que aquece bem lá dentro.

Trata-se de uma especialidade do restaurante A Cabana, e tem este rótulo fantástico, que vale a pena ler.

Nota da redação: o Ninho de Pássaro recomenda a ingestão responsável de bebidas alcoólicas.

Ou não 😉

receita xiripiti

 

 

Habemus Papam

Março 12th, 2013

Se há dia em que faz sentido recomendar um filme, é este.

Começa hoje o conclave para a eleição do novo Papa e isso fez-me lembrar um excelente filme de Nanni Moretti que vi há uns tempos, chamado “Habemus Papam”.

É interessante porque mostra toda a dinâmica interna de sucessão do Sumo Pontífice, mas tem um twist verdadeiramente delicioso, que alimenta a história: o eleito acha que não é capaz de exercer o cargo, tem uma crise de pânico e recusa-se a assumi-lo já depois de ter saído fumo branco pela chaminé da Capela Sistina, e quando as portas da varanda que dá para a praça de S. Pedro já estão abertas.

Instala-se o caos  interno e entra-se em estado de emergência dentro de portas, enquanto cá fora a multidão espera, sem saber o que se passa.

É então chamado o melhor psicanalista italiano para tentar convencer o cardeal e assistimos a toda a luta interna desta personagem, brilhantemente interpretada por Michel Piccoli.

Vale a pena vê-lo, principalmente no contexto atual, porque dá uma perspectiva muito interessante ao tema.Habemus-Papam_pics_809

Mais um pintainho no Ninho

Março 11th, 2013

Os mais recentes dias das nossas vidas aqui pelo Ninho foram marcados pelo mais belo dos acontecimentos: o nascimento de mais um pintainho!

Um pintainho pequenino, saudável, sossegadinho (até ver) e lindo como o irmão.

A riqueza da paternidade ganha uma dimensão completamente diferente, quando assistimos a momentos tão ternurentos quanto surpreendentes.

Quando o maior dos receios era a reação do primogénito à chegada deste novo elemento à família, somos desarmados pela inocência e pureza hospitaleira com que um pequenino de apenas 15 meses recebe com um beijo e um sorriso o seu irmão e lhe tenta entregar a sua chupeta.

Ver essa ligação fraterna, inexplicável conscientemente, a revelar-se à nossa frente apanha-nos de surpresa e emociona-nos.

É difícil expressar por palavras o que se sente quando assistimos, por exemplo, ao primeiro sorriso deste novo pintaínho respondendo a um “olá” do irmão.

O desafio e as responsabilidades são agora muito maiores, o cansaço físico será uma companhia constante, seguramente, mas com o amor destas duas crianças a encher este ninho, respiramos um ar de humanidade que nos inspira a ser melhores e mais capazes todos os dias, para poder merecer esta benção.

Lá fora o céu está cinzento escuro, chove imenso, está frio e muito vento, mas cá no Ninho a luz é por estes dias intensa e o calor dos nossos corações faz-nos sentir como num solarengo paraíso tropical, perspectivando já o futuro com os pezinhos na areia, a fazer castelinhos, os quatro.

Assim seja!

Bird family