O bronco: esse animal

Julho 12th, 2011

A organização da oficina de um modelador de personagens é extremamente importante, e pode influenciar decisivamente o resultado final da sua obra.

Vou-vos dar um exemplo.

Quando o Mundo foi criado, os animais foram sendo modelados e foi-lhes sendo dado algum material essencial para a formação da sua personalidade, fundamental para a sua acção terrena.

Assim, ao Homem foi-lhe dada a razão, sendo aos restantes animais entregue ração.

Como estes dois items se encontram muito próximos, por infeliz distracção foi atribuída ração em vez de razão a alguns seres humanos, estando aqui a génese de um ser ímpar: o bronco.

O bronco, apesar de ter aparência de pessoa normal, diferencia-se pelo seu comportamento animalesco.

Também conhecido por burgesso,este animal tem por hábito cuspir para o chão, conduzir agressivamente e usar escapes ruidosos, passar à frente nas filas, atirar lixo para o chão, falar alto e dizer muitos palavrões, arrotar, trazer um palito na boca, deixar crescer a unha do dedo mindinho, ser bruto de acção e pensamento, coçar as partes íntimas frequentemente, usar cabelo com gel – curto em cima e longo atrás, a cobrir o pescoço -, usar manga cava e proeminente crucifixo dourado ao peito, comer com os olhos as mulheres que passam e mandar umas “bocas”, arrastar as crianças pelo punho em vez de lhes dar a mão, gabar-se das suas façanhas sexuais – mesmo que sejam inventadas -, entre outras maneiras de estar e de ser, inconcebíveis para o comum cidadão.

Apesar de parecer um ser desprezível, o que é certo é que há muitos e há até quem faça vida com eles e goste muito, sendo normal que as suas crias adquiram os seus comportamentos e se reproduzam desde tenra idade, garantindo assim a manutenção da espécie.

Mais do que isso, chega a ser homenageado, dando nome a clubes desportivos, artigos para crianças, roupas, remédios ou modelos de veículos automóveis, e isso, definitivamente, não se percebe e até devia ser proibido.

É uma espécie que se encontra um pouco por todo o lado, mas que se movimenta muito bem em estádios de futebol, festas populares, feiras, hipermercados e encontros de tuning, uma espécie de praga que dificilmente abrandará o ritmo de crescimento.

Por isso tenham muito cuidado, se pensarem em dedicar-se à modelagem, com a organização da vossa oficina.

Já viram o que um simples enganozinho pode ocasionar.

 


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind