Precisão nos pedidos

Março 21st, 2011

Muitas das pequenas frustrações da vida têm origem na forma como exprimimos as nossas vontades.

É provável que já tenham ouvido ou proferido uma frase do género “pedi o café cheio, não pedi uma sopa de café!” ou “pedi-te um bocadinho de arroz, não era só meia dúzia de grãos!”.

Estas frases ocorrem porque cada um de nós tem conceitos diferentes de cheio,  curto, um bocadinho ou muito, quente e frio ou outros graus de grandeza relativos.

É por isso que eu acho que devíamos ser mais precisos no momento dos nossos pedidos, para que as nossas necessidades sejam satisfeitas na plenitude.

Para isso temos que quantificar aquilo que pedimos com o máximo de precisão possível, para não restarem dúvidas ao nosso interlocutor.

Vejamos um exemplo:

– Bom dia, são três cafés por favor. Para esta menina servido a cinco nonos de chávena, para o meu sobrinho a nove/doze avos com chávena escaldada a 83ºC e para mim a seis/onze avos, com cheirinho de bagaço, numa relação de um para seis e deitado na chávena posteriormente ao café, pode ser?

– As informações que não foram fornecidas, posso assumir que é para aplicar o standard da máquina, certo?

– É isso mesmo, muito obrigado.

Pedindo as coisas desta forma, e sendo os cafés servidos da exacta forma que foram pedidos, tenho a certeza que não haveria lugar a insatisfações.

No caso de o serviço não vir conforme, o poder de reclamação sai reforçado, não havendo lugar a argumentações com base em relatividades.

Tenho para mim que substituir expressões como “abre um bocadinho a persiana”, “vai devagar” ou “um galão escurinho e morno” por “abre a persiana até à sexta ripa”, “vai a uma velocidade não superior a 40km/h” ou “um galão com três vezes mais café do que leite, servido a 38ºC”, eram uma mais valia para todos e minimizavam de sobremaneira o risco de discussões, aumentado a nossa felicidade em, pelo menos, 199%.


One Response to “Precisão nos pedidos”

  1. Marta on Março 21, 2011 12:23

    Pois…. Abre nove quartos de avos da janela, por favor 😀

Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Website

Speak your mind