Cura rápida

Novembro 9th, 2010

O Serviço Nacional de Saúde, a sua organização, a qualidade e rapidez do serviço prestado é algo que preocupa todos os portugueses.

As Unidades de Saúde Familiar surgiram com o propósito de aumentar a facilidade de acesso aos cuidados de saúde, incrementar a qualidade, a satisfação e melhorar a eficiência nos serviços.

Pela minha experiência pessoal acho que funcionam bem, mas as pessoas ainda não os procuram a não ser que seja inevitável.

Uma demonstração de arrojo e visão por parte dos nossos governantes seria aumentar em larga escala essa rede de cuidados de saúde, permitindo que eles fossem implantados nos sítios mais visitados das cidades, os centros comerciais.

Devia-se adaptar o conceito de negócio das tão populares cadeias de fast food, e criar lojas de fast cure em todos os centros comerciais do país, dando origem a redes de lojas como o McDóidói’s ou a Dental Hut, com procedimentos standard e elevados padrões de controle de qualidade, associados a uma imagem corporativa forte, atendimento rápido, e produtos perfeitamente adaptados às necessidades e motivações dos clientes, a um baixo custo.

Imaginem por exemplo um dia poderem ir ao McDóidóis e pedir um Menu BigMaca, com extra gesso, acompanhado de trata feridas das grandes e o copo maior de soro sem gelo, e isso vos ser servido só em 2 minutos.

Não tenho dúvidas que era um conceito exportável para todo o Mundo e gerador de grande riqueza para quem o tivesse patenteado.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind