Instantâneos d’ouro

Novembro 29th, 2010

No último fim-de-semana tive o prazer de regressar ao Douro e passear por aquela região fértil em paisagens deslumbrantes, como esta em que uma “ilha” emerge no meio de um mar de nuvens.

Mas nem tudo foi tão bonito.

Ao chegar ao hotel deparei-me com o aviso abaixo, que me deixou em pânico.

Fiquei atrapalhado porque o selo já estava quebrado quando o vi e não tinha como provar que não fui eu a quebrá-lo, mas acima de tudo fiquei extremamente nervoso porque não faço ideia de como iria arranjar dez mil escudos, caso fosse apanhado.

Felizmente correu tudo bem e ninguém me multou ou pediu escudos, e portanto continuamos serenamente até que este anúncio num prédio me captou a atenção.

É impressionante a capacidade edificadora do Homem, capaz de fazer apartamentos com esta dimensão!

Não sei como será viver num T3 mais mil novecentos e sessenta e oito milhões novecentos e quinze mil seiscentos e noventa e quatro, mas acho que são divisões a mais para tão poucas janelas.

Enfim, cada um saberá da luminosidade que necessita para viver e há até quem prefira a luz artificial, mas ainda assim aflige-me pensar no tempo necessário para a limpeza de tantos quartos.

Óculos piercing

Novembro 26th, 2010

Passa muito tempo à procura dos seus óculos?

Precisa de usar óculos, mas as hastes a roçar na cabeça causam-lhe irritação na pele?

Vê mal, não tem orelhas, mas não pode usar lentes de contacto?

Está farto das inestéticas marcas brancas, que irradiam na sua cara no final do Verão, causadas pelas hastes dos seus óculos?

É habitual pendurarem-lhe post-it nas hastes, e isso deixa-o furioso?

Tem medo de ser operado com laser porque viu a Guerra das Estrelas e acha que o laser mata?

Não admite que lhe chamem caixa de óculos e quatro olhinhos só porque não tem um piercing na ponte nasal?

Todos este problemas têm solução com os Óculos Piercing.

Este revolucionário artigo – que poderia perfeitamente estar à venda na Melga Shop, por apenas 99,99€ – foi criado por James Sooy e Oliver Gilson, que se lembraram que bastaria inserir um piercing no interior da ponte nasal e depois fazer umas adaptações com íman, capazes de apoiar as lentes e suportar o seu peso.

Depois é só juntar as adaptações ao piercing e esquecer os incómodos provocados pelas hastes.

É, ou não é, absolutamente fantástico?

Navidades no ninho

Novembro 24th, 2010

E eis que, um mês antes do Natal, temos navidades no ninho.Já há pinheirinho com decoração personalizada, e para haver na plenitude aquilo a que se poderia chamar – existisse a palavra – “imbuimento” no espírito natalício, só falta o tradicional vídeo, que todos os anos aqui partilho, para assinalar o início da quadra.

Se fosse uma quadra popular começaria com algo como “São João, homem de luta / Estás a ver a porta que enguiça? / Está lá encostada uma …” e rimava depois, para o final, de maneira risível.

Mas não é, e por isso gosto de começar esta quadra natalícia de outra forma – mantendo o registo pândego e folgazão – convidando-vos para que se imbuam comigo neste delicioso sketch natalício.

Tara perdida

Novembro 23rd, 2010

Como é que queremos que pedófilos, bestialistas, necrófilos, violadores e afins se sintam motivados para se livrar desses seus desequilíbrios mentais, se a recompensa para a tara perdida é ser depositado num vidrão?

“Lago dos Cisnes” no gelo

Novembro 22nd, 2010

Tive este domingo o privilégio de assistir no Coliseu do Porto a um espectáculo memorável: o “Lago dos Cisnes” no gelo.

Assisti maravilhado – por vezes boquiaberto – a duas horas de espectáculo em que a obra clássica de Tchaikovsky é levada a um palco gelado, para aí ser bailada por um elenco de excelentes executantes da patinagem artística, num espectáculo fluido, dinâmico e empolgante, muito bem coreografado, com guarda roupa e cenários exemplares e onde os efeitos especiais de luz, fogo e voo estão também presentes de forma exuberante.

A produção é da Imperial Ice Stars e se tiverem oportunidade de o ver, façam-no sem reservas (convém no entanto reservar o bilhete, pelo sim pelo não, apesar de irem sem reservas… enfim… confusão linguística que não interessa para nada), mas levem um agasalho porque é um bocadinho frio lá dentro.