Mayra Andrade

Setembro 10th, 2010

O fim de semana aproxima-se a uma velocidade caracolesca, numa estratégia retorcida para aumentar o valor que lhe atribuímos.

Este parece que ainda faz a viagem no tempo mais devagar do que o normal, carregado de sadismo, porque sabe que trás consigo um grande momento.

No Theatro Circo, este sábado à noite, vou ter a oportunidade de tornar a ouvir uma das mais bonitas vozes que já ouvi ao vivo, com participação especial da minha companhia preferida, ao meu lado na primeira fila.

É um concerto com simbolismo para nós, porque foi precisamente ao som de Mayra Andrade que trocamos as primeiras palavras e olhares, o primeiro instante partilhado, num rio de momentos que se perspectiva de longo caudal.

É favor acelerar então a chegada desse sábado, porque eu não consigo deixar de trautear esta música e se um polícia me tenta multar pode pensar que lhe estou a dar música.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind