Alegria no trabalho

Setembro 20th, 2010

Eu sei. Eu sei que é quase uma heresia escrever este título a uma segunda feira, mas o vídeo que se segue inspira a que busquemos essa alegria.

Qual a solução?

Adaptarmos os nossos gostos à realidade da nossa função, por muito rotineira que ela seja, auto-motivando-nos assim para a cumprirmos na perfeição.

Este exemplo vem de um polícia de trânsito de Nova Iorque, que tem o prazer da dança e resolveu adaptar os movimentos inerentes à sua função de regulador de trânsito, para poder dançar e trabalhar ao mesmo tempo.

Resultado: diverte-se enquanto trabalha, chama a atenção dos condutores e assim regula o trânsito com mais eficácia.

Vejam lá o senhor Wilbert Castillo em acção.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind