Dependência do chocolate

Maio 17th, 2010

Comecei recentemente a ter cuidados redobrados com a alimentação e uma das coisas que cortei primeiro, e radicalmente, foi o consumo de chocolates.

Ciente de que me é difícil resistir tendo chocolates por perto, e que os consumia diariamente, pedi à minha namorada para esconder todos os que houvesse lá em casa, mas ela foi ainda mais longe e deu-os todos.

Até aqui tudo foi pacífico, mas dois dias depois de ter começado esta “dieta” dei por mim sozinho a abrir e fechar portas, a remexer nas gavetas e a vasculhar todas as prateleiras à procura de um pedacinho de chocolate, um bombom ou um simples M&M’s que porventura tivesse ficado esquecido.

Cheguei então à conclusão que o meu consumo anterior de chocolate era já mecânico e compulsivo, que começava a “ressacar” e que me tinha tornado, portanto, num chocodependente.

Não tive suores frios nem tremores, mas confesso que senti uma certa ansiedade quando não encontrei chocolates em lado nenhum e pergunto-me: como é que me tornei num chocainómano?Tudo começou de certeza com uma Pintarola ou um Smartie colorido, ainda criança, seguidos de uma ou outra Bomboca, com textura fofinha por dentro e chocolate estaladiço por fora.

Sem dar por ela comecei a consumir pó também ainda novo, misturado no leite, lembro-me bem do Suchard Express ou do Cola Cao, que ajudaram ao crescimento da minha dependência.

Ao longo da vida fui alargando o consumo às mais variadas formas: em gelado, em mousse,  em bolo, em bolacha, em rebuçados, branco, de leite ou negro, com recheio ou em fondue.

Cheguei até a pensar fazer máscaras faciais, os meus sonhos eróticos envolviam corpos cobertos de chocolate e nos últimos tempos já andava na fase do noir com 82% de cacau e isso devia ter-me servido de alerta.

Felizmente  parei antes de ser encontrado numa valeta com uma overdose de Pantagruel e a escorrer uma espuminha achocolatada pelo canto da boca.

Espero um dia poder consumir só socialmente, ou pelo menos moderadamente e deixar de sentir ansiedade ou privação quando não consumo, até porque, meus amigos, aquilo é mesmo muito bom!


One Response to “Dependência do chocolate”

  1. Anónimo on Maio 26, 2010 14:33

    Os chocolates estão todos lá em casa meu querido….Só estão escondidos!!!! 😀

Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind