Rotundas

Janeiro 27th, 2010
Se tivesse que eleger a coisa que mais me irrita no trânsito (tirando gente que anda a 10km/h, que não dá piscas antes de virar, que estaciona em vias rápidas, que atira lixo pela janela, que faz ultrapassagens em gincana, que ultrapassa a fila toda e se mete à frente dos outros todos, que abranda até quase parar para ver os acidentes, que não respeita os sinais ou que não pára nas passadeiras) então elegia as pessoas que contornam as rotundas sempre pela faixa da direita.
Será que essas pessoas nunca se questionaram sobre o facto de haverem duas ou mais faixas nas rotundas e de, se calhar, elas estarem lá por alguma razão?
Tudo bem que até gosto de jogos, mas lá porque os russos têm a Roleta Russa não há necessidade de nós termos a Rotunda Tuga!
Para que não haja dúvidas, e porque acho que só o Luís de Matos e o Prof. Bambo é que são capazes de adivinhar sempre se o carro que vem por fora continua ou não a contornar a rotunda, fica aqui um desenhinho que explica como se deve fazer.
Muitos já terão visto esta imagem, mas nunca é demais lembrar que, além de a conhecerem, é bom que a apliquem no quotidiano e que, pedagogicamente, partilhem essa informação com muita gente.
Até porque cá em Portugal não se complica muito nas rotundas.
Era bem mais confuso se tivéssemos rotundas esquisitas como a da imagem abaixo.
Se tivéssemos disto por cá, a esfera armilar podia ser substituída por um carro amarelo amolgado, que passava a ser o novo símbolo nacional.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind