Gelar a conversa

Janeiro 12th, 2010
Assisti e esta conversa entre três amigas no último domingo, num espaço comercial com café, onde me encontrava, enquanto nevava em Braga.
A última frase é proferida por um homem que ninguém percebeu de onde veio, nem o à-vontade com que se introduziu na conversa.

Mulher 1 – Taunta neve! É tão bonito, num é?
Mulher 2 – É um pétáculo!
Mulher 3 (a mostrar irritação) – Vós parece que nunca bisteis neve! Nunca bisteis neve?
Mulher 2 – Cláro! Mas acho sempre munto bonito.
Mulher 1 – Tu num gostas de neve?
Mulher 3 (já mais calma) – Gosto. Mas já vi muita. Habieis de ter estado em Felgueiras quando eu tava lá a trabalhar. É que nevou, uma vez!
Mulher 2 – E na Serra da Estrela? Na Serra da Estrela é que neva!
Homem (em tom muito alto e bruto) – Óóóó! E isso é alguma cuoisa??? Ide pa Fraunça que vós indes ber!

A partir daqui foi só um imenso silêncio e olhares trocados de soslaio, a mostrar constrangimento mútuo, e sem olhar mais para a neve.

Quanto a mim, limitei-me a observar, mas achei que devia partilhar com vocês este rebuçadinho sociológico.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind