Ambientalismo estético

Novembro 25th, 2009
Já que as intervenções cirúrgicas de estética são normalmente chamadas de operações plásticas, não fazia sentido que se utilizasse plástico reciclado nestas operações?
Se houvesse cirurgiões estéticos com preocupações ambientais, podíamos ouvir uma frase do género “Todos os implantes mamários que faço provêm de antigas garrafas de Sumol Maracujá de 1,5l, que recolhi junto dos bares da Foz”.
As pessoas preocupadas com o ambiente e com a estética simultaneamente poderiam exigir aos seus médicos que fizessem os ditos implantes com o plástico que acumulam em casa no dia-a-dia, reciclando-o e poupando imenso dinheiro ao mesmo tempo.
Aposto que isto ia fazer com que os homens começassem a pedir finos em copos de plástico e a trazê-los para casa, juntamente com o pacote das batatas fritas que comeram, tornando-se militantes fervorosos do re-aproveitamento deste material.
Chamar-se-ia a este movimento “ambientalismo estético”.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind