A vida e o ciclismo

Outubro 27th, 2009
Ontem dei por mim a pensar no velho cliché de que a vida dá muitas voltas.
No seguimento desse pensamento surgiu, como é óbvio, o ciclismo, que eu acho que é um exemplo para as nossas vidas.
Se repararmos bem, o ciclismo tem uma abordagem bastante optimista, que nos devia inspirar.
Desde logo porque os ciclistas se reúnem em pelotão sem o intuito de fuzilar ninguém, o que é de louvar.
As etapas mais valorizadas são as de montanha, ou seja, são premiados os que sobem melhor e não os que descem.
Reparem na conotação francamente optimista e dada a analogias motivadoras.
As longas etapas mostram-nos como é necessário espírito de sacrifício para se atingirem as metas propostas e como se torna mais fácil atingi-las trabalhando em equipa.
Os ciclistas são pessoas que lidam bem com os seus pneus, mostram-nos ao mundo sem pudor e mesmo em andamento continuam a comer e a beber, sem problema nenhum.
Se aparece uma rotunda, uns vão pela esquerda e outros pela direita, mas no fim desta todos se reúnem no mesmo trajecto.
Por todo o lado aparece a solidariedade de quem assiste, gritando palavras de incentivo e oferecendo água ou comida.
As bicicletas não produzem poluição e não fazem barulho, permitem uma grande agilidade e estacionam-se em qualquer lado.
A parte mais positiva do ciclismo está, no entanto, nos testes laboratoriais a que os seus participantes se sujeitam.
Sempre positivos!

Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind