Gripe dos Porcos

Agosto 25th, 2009
A Gripe A foi primeiramente denominada de Gripe Mexicana, Gripe Suína e houve quem a chamasse também de Gripe dos Porcos.
Vem-se agora a descobrir que estes últimos é que tinham toda a razão.
Porque a denominação correcta deve descriminar o facto de esta ser uma gripe que é mais facilmente transmissível a quem é Porco (com maiúscula e tudo) e nem sequer sabe lavar as mãos como deve ser.
Pelo menos assim o entende o Ministério da Saúde, que lançou este panfleto para ensinar os portugueses a lavar as mãos e deixarem de ser Porcos.

Outras recomendações que poderão aparecer em futuros panfletos do Ministério da Saúde:
– evite arrotar em público;
– tente não cuspir para a via pública (utilize escarradores portáteis),;
– retenha a flatulência em locais frequentados,;
– não ingira secreções nasais (principalmente se as catar de narizes de outras pessoas);
– urine e/ou defeque somente em sítios sinalizados para o efeito (procure palavras chave como WC, sanitários ou lavabos);
– evite tascas insalubres e mercearias manhosas;
– depois de coçar as partes baixas mantenha as mãos fora do contacto com a sua boca ou a de outras pessoas (se atender público, pura e simplesmente não coçe as partes baixas, por muito que lhe custe);
– não compre serviços sexuais em pinhais ou em bermas de estrada;
– rape o bigode.

Enquanto não saem novos panfletos leiam bem este e lavem as mãos em condições.
Seus Porcos! 🙂

P.S. – Informações úteis aqui.


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind