Passar um bom dia no Porto

Março 27th, 2009
Para quem não tem programa para amanhã e sempre quis andar de balão nos Aliados sem pagar nada, fazer um mini-cruzeiro no Douro de borla, petiscar por 1€ na Ribeira, ver um concerto dos Irmãos Catita sem investir no bilhete ou simplesmente conhecer melhor o centro histórico do Porto com uma visita guiada completamente grátis, amanhã é o dia ideal.
No âmbito do Dia Nacional dos Centros Históricos tudo isso vai ser possível!
Vejam aqui o programa completo e aproveitem.
Se quiserem.
Senão… acho que do outro lado também vai estar aberto o Cais de Gaia.
Mas a pagantes.

É sempre ó baixo :)

Março 25th, 2009
[dailymotion id=x2m62b_mondial-du-vtt-descente-de-venosc-c&related=0]
Mondial Du VTT Descente de Venosc caméra embarquée
Enviado por 103TuRtLe

Sono

Março 23rd, 2009
Eu adoro dormir.
Se pudesse ser dormidor (dorminhoco? dormideiro? dormidionista? dormidógrafo?) profissional seria-o com muito prazer e posso-vos afiançar que seria um profissional competentíssimo.
Não tenho dúvidas em afirmar que me enquadraria na elite mundial do “mundo” do sono.
Paradoxalmente, o maior prazer que tenho relacionado com o sono é acordar… para tornar a adormecer.
Tenho um prazer enorme em olhar para o relógio (quando assim me é permitido) e depois virar-lhe a cara para adormecer outra vez.
Já cheguei, em dias que não trabalhava, a pôr o despertador para a hora normal de acordar, só para poder desfrutar desse enorme prazer que é rebolar para o outro lado com um sorrisinho de prazer e gozo e voltar a adormecer.
No último Sábado celebrou-se o Dia Mundial do Sono e eu não o comemorei porque, evidentemente, ando a dormir.
Para comemorar esse dia, a Associação Portuguesa do Sono pôs on-line um teste que permite medir a qualidade do nosso sono.
Façam o teste e verifiquem se dormem com a qualidade devida.
Eu já o fiz e foi-me diagnosticado, como não podia deixar de ser, um sono de qualidade.
Bons sonhos 😉

De boleia

Março 22nd, 2009
Há já algum tempo atrás, uns amigos com vontade de “fazer qualquer coisa de útil para a sociedade”, criaram um site em que se promovia a partilha de viaturas como forma de preservação do ambiente, redução de custos e poupança energética.
Esse site (www.deboleia.com) teve um mediatismo modesto quando comparado com o que a GALP (num projecto “verdadeiramente inovador”, segundo o Nuno Markl) está neste momento a ter.
É de louvar esta iniciativa da GALP e é positiva essa mediatização, que concerteza vai fazer com que mais pessoas tomem consciência desta atitude positiva face à forma como nos deslocamos, mas não queria deixar de fazer aqui esta referência…
O seu a seu dono.
O www.deboleia.com foi o verdadeiro percursor em Portugal deste tipo de iniciativa.
Já agora aproveito para fazer referência também a outro site associado ao deboleia – o dado.tricla.com, onde podemos dar aquilo que temos a mais e/ou já não usamos ou queremos.

Changeling

Março 18th, 2009
Só hoje tive a oportunidade de ver este brilhante filme.
Uma história real, que nos deixa arrepiados do princípio ao fim, pelos sentimentos e emoções que transmite, pela revolta que não se pode deixar de sentir contra o poder policial totalitário da época, pelo sufoco da permanente busca sem resultados, pela angústia e impotência perante uma situação deste género, pelo drama tão bem retratado que o sentimos na pele, pela crueldade e frieza demonstrada por várias personagens.
É um filme muito bem realizado, com belíssimas interpretações e que faz com que duas horas e vinte passem a voar, de tal forma nos envolve e nos transporta para aquela realidade cruel.