Expressões irritantes (II)

Novembro 23rd, 2008

Na continuação de um post anterior, lembrei-me de mais duas expressões que me tiram do sério.
Imaginem que perdem a carteira.
Vão à polícia, preocupados em informar da perda dos documentos, para que não possam ser usados indevidamente.
Primeira pergunta do polícia: “Onde é que a perdeu?”.
Eu desconfio que, se soubesse onde tinha perdido a carteira, ia-a buscar a esse sítio.
Nesse caso, quanto muito, ter-me-ia esquecido da carteira num determinado sítio e, eventualmente, alguém teria pegado nela.
Mas não dizia que a tinha perdido!
Outra expressão que me irrita é quando informamos alguém que morreu determinada pessoa e nos respondem com isto: “Não pode ser. Ainda há três dias o vi passar na rua!”.
Pois.
É que há três dias estava vivo. Agora não!


Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply

Name

Email

Site

Speak your mind